Uma viagem,
7305 dias

hf-hotels-logo-20-anos

Celebramos 20 anos.
20 anos são 7305 dias.

7305 dias a viajar, cruzando o nosso caminho com hóspedes de todo o mundo que nos lembram do papel transformador de uma viagem.
Ao celebrar o nosso 20º aniversário, não só admiramos o passado, como continuamos inspirados pelo potencial infinito
do nosso papel na narrativa de inúmeras viagens e viajantes.
Que a nossa viagem nunca acabe para poder continuar a fazer parte da sua.
 

20 anos,
uma nova imagem

20 anos é muito, mas também é pouco.

hf-hotels-staff-uniform-video
 
Carregamos a confiança de 20 anos de experiência de um lado, com a rebeldia de um jovem que nada sabe (ou finge não saber), do outro. Mantemos a postura quando é preciso, mas descontraímos os ombros sempre que podemos (e devemos).

Levamos a seriedade de mãos dadas com a leviandade merecida de uma vida fugaz. Sabemos mais do que muitos, com a plena consciência que ainda temos muito que aprender. Temos a energia revigorante de quem está pronto para a aventura e desbravar o desconhecido, com base na sabedoria de quem já sabe demasiado.
Aos 20 anos, continuamos em boa forma, estamos com bom ar, ficam-nos bem as manchas de sol e algumas rugas de expressão que a vida nos deu. Olhamos ao espelho, olhamos para si, e sorrimos com uma vontade infantil de começar o dia, que nunca devemos perder.
Aos 20 anos e ao cliché "que venham outros tantos".
Celebre connosco este aniversário da melhor forma: viajando.

20 anos de nós

Mais confiantes. Mais descontraídos. Cada vez mais jovens.

 

20 anos de si

E de momentos partilhados.

OBRIGADO A TODOS

por fazerem parte desta história e um agradecimento especial a todos os hóspedes
que estão presentes nestas fotografias e que disseram "sim" a esta viagem.

Partilhe connosco as suas fotografias com a hashtag

#hfhotels

Manifesto
dos 20 anos

Sobre as viagens e os viajantes.

Fazer uma viagem é verdadeiramente transformador.
Em qualquer viagem, nenhum momento é repetível. E nós sabemos disso.
Sabemos que esta viagem pode ser "a" viagem e que somos muito
importantes nela, por uma simples razão: porque é importante para si.
Pode ser a primeira viagem juntos.
Mas também a última.

Pode ser o reencontro de longa data que nunca mais chegava.
Ou o primeiro encontro de uma vida.

Um "sim" a um pedido de casamento. Mas também muitas escapadinhas de divórcio.

Celebrações de pré-nascimentos, como viagens a três, e até mesmo depois a quatro ou a cinco. Vemos famílias a nascer, a crescer e nós a crescer com elas.

Servimos de cenário em despedidas de solteiro(a), mas também em muitas noites de núpcias.

Viagens de negócios. Negócios a solo, a dois ou em grupo, que se estendem por reuniões, conferências ou congressos de pessoas que se expressam em diferentes línguas.
E nós a tentar perceber e traduzir tudo.

Viagens poupadas e viagens extravagantes.
Dos que gastam tudo enquanto cá estão e dos que fazem de tudo para vir.
E nós fazemos de tudo para não os desiludir.
São viagens irrepetíveis, no entanto,
muitos são repetentes por cá.
Há quem venha uma única vez e há quem
volte todos os anos. Ou só quando lhes apetece.
Viagens dos que começaram sozinhos e hoje vêm em família.
Dos que começaram em família e hoje vêm sozinhos.

Dos casados, dos divorciados, dos eternos enamorados.
Dos solteiros e dos que namoram só consigo próprios.

Dos que praticamente não falam aos que falam demasiado. E nós estamos cá para ouvir, claro.

Dos que têm tudo planeado aos que precisam de nós para planear tudo. Dos que comem no restaurante aos que pedem no quarto.

Da Sódona, do Sr. Doutor, ao Excelentíssimo Senhor Doutor e dos tu cá tu lá. Dos arrumados e dos desarrumados (estes, pronto...).

Dos que pedem muito aos que pedem tão pouco e, por isso, merecem tudo. Dos que precisam de guardar segredos aos que querem que todos saibam. Pedem-nos postais de aniversário, deixamos mensagens de saudade.
Do outro lado da fronteira, até além-mar, só para si.
De quem quer cá estar e não está , mas estamos nós.

E deixamos o postal, a mensagem, os beijinhos imensos e todos os miminhos (e às vezes, ainda mais alguns).
Deixamos flores, champanhe, cantamos os parabéns, fazemos surpresas.

Não dizemos que não.
hf-hotels-hf-ipanema-park-room

Viajar.

Há uns anos era um privilégio de poucos, hoje está ao alcance de muitos.
Que a nossa viagem nunca acabe para poder continuar a fazer parte da sua.

Até já!

Já faz parte desta viagem?

Faça também parte desta viagem, pela primeira vez ou volte sempre.
Conheça os nossos hotéis em Lisboa e no Porto.

Boa viagem!